5 de setembro de 2022

Confira 3 incentivos que não funcionam no ambiente de trabalho e entenda como corrigir!

Por Patricia Barreto

Incentivos que não funcionam no ambiente de trabalho
Ao buscar formas de motivar os funcionários, a empresa pode cometer alguns erros. Afinal, existem incentivos que não funcionam. Isso geralmente acontece por equívocos na estruturação e implementação da estratégia. Em outros casos, eles não são funcionais, embora pareçam atrativos. Portanto, é preciso saber quais são esses incentivos que podem estar sendo usados incorretamente e como corrigir as ações adotadas. Desse modo, é mais fácil conquistar resultados como o aumento de desempenho, produtividade e engajamento na empresa. Quer aprender como fazer isso? Continue a leitura e veja três incentivos que podem ser usados incorretamente na empresa e como corrigi-los!

Quais são os três incentivos que não funcionam?

Os incentivos são bastante importantes para manter uma equipe engajada. Mas se eles não forem aplicados corretamente, podem deixar de trazer os resultados esperados pelos gestores. Veja quais são três tipos de incentivo que não funcionam!

1. Recompensa em dinheiro

O dinheiro é relevante para os funcionários. Afinal, eles precisam arcar com diversos compromissos financeiros em seu dia a dia. Porém, se a empresa trabalha com uma remuneração compatível, esse tipo de benefício tende a não trazer tantos resultados a longo prazo. A medida não interfere na experiência do colaborador e não atua no desenvolvimento de conexões. Lembre-se de que para reter talentos e mantê-los motivados, é preciso considerar:
  • parte emocional;
  • ambiente de trabalho;
  • relacionamento com a empresa.

2. Incentivos genéricos, sempre iguais

Outro erro comum é desenvolver programas diferenciados, focados na experiência, mas garantir que todos os incentivos são genéricos, sempre iguais e sem considerar as necessidades de cada um. É preciso lembrar que cada funcionário é único e motivado por coisas diferentes. Portanto, vale a pena investir em pesquisas internas de modo a entender o que eles procuram e direcionar melhor as campanhas e premiações para cada setor ou funcionário.

3. Premiações repetitivas

Por fim, é preciso inovar. Quando as premiações se tornam repetitivas, os funcionários tendem a ficar entediados, tornando o incentivo obsoleto com o passar do tempo. Ademais, é provável que, nesse modelo, uma vez premiado o colaborador não se sinta tão motivado a buscar novas conquistas. Afinal, ele receberá o mesmo incentivo, não é mesmo?

Como adotar incentivos em uma estratégia de sucesso?

Sabendo três estratégias de incentivos que não funcionam, é hora de conhecer práticas que podem ajudar a ter sucesso na motivação da equipe. Veja, a seguir,  as principais dicas!

Defina critérios e objetivos para os incentivos

O primeiro passo é determinar os critérios que serão avaliados em cada campanha e os objetivos da empresa. Ainda, é importante ter metas específicas que devem ser atingidas pelo colaborador para ter direito à premiação. É fundamental detalhar tudo para trazer transparência e viabilizar o acompanhamento de resultados — inclusive, com a realização de ajustes na estratégia, se necessário.

Faça pesquisas periódicas para entender o que os funcionários querem

Como o incentivo precisa ser alinhado às expectativas e necessidades dos colaboradores para ter sucesso, é essencial entender o que eles buscam. Para tanto, a principal dica é fazer pesquisas internas. Isso permite coletar dados de modo a avaliar as estratégias que podem ser aplicadas.

Foque em incentivos que proporcionem experiências

Outra dica é substituir as recompensas em dinheiro por incentivos que proporcionem experiências. Por exemplo, conceder dias de folga ou Gift Cards, que permitam comprar diferentes produtos ou usufruir de mercadorias diversas, é uma ótima estratégia. Inclusive, no segundo caso, a estratégia se torna personalizada, considerando que cada um poderá escolher o item que mais deseja.

Atualize as recompensas periodicamente

Por fim, adote estratégias para atualizar as recompensas periodicamente. Assim, mesmo quem já foi premiado manterá o foco em busca de novos reconhecimentos. Afinal, os incentivos permanecerão atrativos. Nesse sentido, os Gift Cards podem beneficiar a empresa, pois existem diversas opções de marcas e parceiros que atendem a todos os funcionários. Além disso, os cartões podem ser facilmente atualizados a cada campanha. Viu só? Sabendo que nem toda campanha conseguirá trazer bons resultados, fica mais fácil direcionar as estratégias. Assim, é possível evitar os incentivos que não funcionam para adotar práticas que estimulem a equipe no ambiente de trabalho. Para criar estratégias efetivas na sua empresa, confira a importância de conhecer o perfil do colaborador para as campanhas de incentivo!

Preencha o formulário e
entre em contato conosco

    Para prosseguir, você precisa concordar em receber comunicações.

    Precisa de auxílio agora mesmo?
    Ligue para o número (11) 2135-5603