15 de fevereiro de 2021

Retenção de talentos: o que é, benefícios e como colocar em prática

Por Patricia Barreto

Retenção de talentos: profissionais de RH cumprimentando funcionário
Ao pesquisar melhores estratégias para a empresa, provavelmente você já se deparou com o conceito de retenção de talentos. Ele trata das ações adotadas para manter os bons colaboradores trabalhando na empresa, por meio de práticas que incentivem a sua permanência.  No entanto, muitos empregadores não enxergam os benefícios que isso proporciona ou, ainda, ficam em dúvida sobre como colocar essa estratégia em prática. Com isso, eles deixam de aproveitar oportunidades importantes para o negócio. Para ajudar nessa tarefa, preparamos este conteúdo esclarecendo o assunto. Continue a leitura e saiba mais sobre a retenção de talentos na empresa!

Quais são os benefícios da retenção de talentos?

A retenção de talentos consegue ofertar uma série de vantagens para a empresa. Uma das principais é a redução do turnover, já que o número de rescisões por iniciativa do empregado diminui. Como consequência, os custos referentes aos processos de demissão e contratação também serão menores. As práticas adotadas para reter os colaboradores ajudam a construir um ambiente mais agradável. Isso auxilia na concentração, na produtividade e na motivação para o trabalho. A estratégia também é uma vantagem competitiva, já que outros profissionais podem se interessar por trabalhar no local (atração de talentos) e o público tem conhecimento sobre essa percepção. Isso cria uma imagem favorável que pode ajudar na conquista de mais clientes.

Como reter talentos na empresa?

Com tantos benefícios, é provável que você queira saber como colocar essa estratégia em prática, não é? Confira as principais dicas para isso!

Contrate as pessoas certas

O trabalho deve começar no processo de seleção: a empresa precisa saber selecionar os talentos certos para conseguir retê-los. Isso significa que a contratação não pode se limitar a fatores como o currículo.  Também é preciso avaliar outras questões, como habilidades específicas, valores do candidato e fit cultural. Outro ponto é entender as expectativas dele com a empresa e esclarecer o que vocês esperam como empregadores.  Tudo isso ajudará a garantir contratações mais alinhadas, que podem se transformar em grandes parcerias de trabalho. 

Saiba organizar os cargos

Também é importante saber posicionar corretamente os colaboradores considerando as suas aptidões. Mesmo após a contratação é possível identificar cargos que são mais adequados aos talentos e habilidades do profissional.  Assim, a empresa deve estar preparada para identificar esses casos e conseguir alocar as pessoas corretas em cada posição. 

Crie um ambiente agradável

O ambiente de trabalho precisa ser agradável, afinal, é preciso fazer com que os empregados gostem de ir trabalhar. Isso envolve duas questões: o conforto físico e a saúde mental. Tenha móveis e equipamentos seguros, que proporcionem conforto durante o uso.  Além disso, invista no desenvolvimento de um clima organizacional agradável, com confraternizações entre os colaboradores, sem práticas que possam ser consideradas assédio e, principalmente, com a valorização de todos os profissionais.  

Ofereça benefícios financeiros

A definição de remuneração e benefícios pagos ao empregado tem um papel relevante. O salário deve ser compatível com a função e a qualificação do profissional, além de acompanhar as principais oscilações do mercado. Quando a empresa foca apenas em reduzir as despesas com folha de pagamento, deixando de oferecer uma remuneração que seja capaz de dar qualidade de vida e reconhecer o real valor do trabalho, é provável que o colaborador inicie a busca por outras colocações no mercado. 

Tenha uma cultura de reconhecimento

Um cuidado importante para ter sucesso na retenção de talentos é saber reconhecer as conquistas. Muitas vezes, os empregadores enxergam as ações mais positivas apenas como obrigação do empregado, afinal, ele foi contratado com esse objetivo.  Porém, quando não há um reconhecimento por parte da empresa, o colaborador pode ficar desmotivado, entender que não é valorizado e começar a procurar outras oportunidades. O mesmo vale para as datas especiais e comemorações. Que tal dar alguns mimos ou benefícios para o trabalhador nesses casos? 

Dê oportunidades de crescimento

Dar oportunidades de crescimento significa ter um plano de cargos e salários ou outras estratégias que permitam ao colaborador evoluir dentro da empresa. Com isso, ele consegue entender o que é necessário para crescer e percebe que é possível conquistar mais em sua vida profissional sem trocar de emprego. Vale lembrar que, muitas vezes, a saída de profissionais acontece exatamente pela busca de oportunidades melhores, que explorem todo o seu potencial e, também, garantam uma remuneração mais atrativa.  Agora que você já sabe como colocar a retenção de talentos em prática, é hora de se organizar. Reavalie os processos referentes à contratação e manutenção de colaboradores para identificar pontos de melhoria para implementar essa estratégia. Quer acompanhar mais dicas? Então assine a nossa newsletter para receber os nossos conteúdos em seu e-mail!

Fale com a Giftty

Entre em contato conosco preenchendo o formulário ao lado.

Para dúvidas sobre seu Vale Presente: contato@giftty.com.br

Para solicitar um orçamento: (11) 2135-5603

Precisa de auxílio agora mesmo?
Ligue para o número (11) 2135-5603